A importância do Organograma nas Prefeituras brasileiras

Como uma correta organização dos setores pode trazer benefícios à prefeituras brasileiras.




Publicado em em Gestão Pública Estratégica

O organograma é como sua instituição está hierarquicamente organizada, cria-lo de forma correta é vital para facilitar a distribuição de tarefas para a busca de soluções.

Você deve se ater principalmente aos setores que existam de fato, e não criar subdivisões apenas para isolar colegas de trabalho. O inverso também deve ser observado, ou seja, não adianta colocar toda uma Diretoria, por exemplo, sem nenhuma divisão, sendo que ela tem diversas responsabilidades.

Por exemplo, não é produtivo o pessoal do RH receber um memorando solicitando a compra de medicamentos. A informação deve circular para que a busca de soluções seja facilitada, mas a informação não relevante, apenas atrapalha.

Ao criar um setor ou divisão você sempre deve observar a nomenclatura e escrever da forma mais clara possível. O setor responsável pelas Licenças Ambientais, deve ser identificado de forma clara, e não apenas como Ambiental por exemplo. Criar setores genéricos não ajuda, nem para quem está dentro dele, pois ficam com uma função secundária, sempre que for consultado o organograma. Crie apenas setores que tenham responsabilidades definidas e que terão fluxo de trabalho, de nada vale criar um setor que não receberá demandas.

O organograma é um facilitador, principalmente pelo aspecto visual, que deixa bem claro as responsabilidades e a hierarquia, ter ele fiel a realidade de sua instituição é um grande diferencial para a produtividade.

O Organograma é uma funcionalidade da Plataforma 1Doc.


« Ver todas as postagens






Materiais ricos
Baixe gratuitamente





VER TODOS OS MATERIAIS »

Compartilhe com um amigo